atuação
beneficios
download
consulte-nos
Além de um datacenter com alta eficiência energética, é preciso buscar a eficiênciana arquitetura deprocessamento e conectividade
IT Performance Services
O objetivo desse serviço é implementar melhorias na arquitetura de processamento e conectividade visando a redução do consumo de energia. Para isso, avaliamos atuamos com diferentes metodologias e em três níveis: consolidação de máquinas virtuais, atualização do parque tecnológico e implementação de metodologias e sistemas ágeis. O conjunto dessas metodologias formam o que chamamos de TI de alta performance.
Até
20% de redução
do consumo energético
Potencial de Redução
Através das iniciativas de melhoria da eficiência energética do IT Performance Services é possível obter até 20% de redução do consumo.
20% a 30%
dos equipamentos em
um data center são
subutilizados
Gerenciamento da Virtualização
Estima-se que de 20 a 30% dos servidores nos datacenters consomem energia, refrigeração e espaço, mas não fazem nenhum trabalho útil. Um servidor que não esteja realizando nenhum trabalho de processamento consome aproximadamente 50% da potência nominal do equipamento. Quando o equipamento está utilizando apenas 25% do poder de processamento, esse consome cerca de 75% da potência nominal.
Consolidação
para desligamento de
servidores subutilizados
Com esses números, podemos ver a importância do gerenciamento da virtualização para a diminuição da utilização de energia em um data center.
Através do inventário automatizado e monitoramento do processamento, uso de memória e disco, dos equipamentos e máquinas virtuais realizamos um mapeamento das cargas de processamento. Atuamos desde o mapeamento, arquitetura, implementação e validação do gerenciamento da virtualização.
Nossa atuação
Assessment
Identificação e documentação dos recursos de hardware, software e conectividade.
Arquitetura
Análise dos dados coletados e desenho da solução otimizada considerando a melhor eficiência.
Planejamento
Implementação das últimas tendências tecnológicas com foco na eficiência da infraestrutura.
Validação
Operação assistida e teste de regressão com objetivo de garantir a performance da infraestrutura de TI.
Benefícios e diferenciais da nossa solução
Projeto Especializado
Nossos projetos buscam otimizar o ambiente de TI, utilizando Software Based Solutions para entregar sustentabilidade e agilidade na operação.
Know-how Diferenciado
Equipe especializada, certificada e preparada para atuações nos mais diversos cenários de otimização de plataformas digitais.
Parcerias Estratégicas
Parcerias com os maiores players do mercado, incluindo Dell EMC, Cisco, HP e Vmware.
Otimização do Espaço
Experiência em projetos de otimização do uso dos recursos computacionais, otimizando o espaço físico através de soluções virtualizadas e gerenciadas por software.
Metodologias Ágeis
Utilização e implementação de metodologias ágeis para ganho de performance e agilidade na operação.
Eficiência Energética
Acreditamos que a eficiência energética não deve ser pensada apenas do lado da infraestrutura, mas também na otimização das plataformas e recursos de TI.
Faça download do nosso catálogo
Preencha o formulário abaixo para fazer download do nosso catálogo
Preencha os campos acima
Consulte-nos
Preencher o campo Nome Corretamente
Preencher o campo Empresa Corretamente
E-mail inválido, favor preencher corretamente.
Preencher o campo Celular Corretamente
Preencher a mensagem corretamente.
Enviar
Leia Também

Como a tecnologia pode ajudar o planeta?

A recente Cúpula do Clima convocada pelos Estados Unidos no final de abril, cobrou das grandes potências econômicas mundiais ações mais efetivas nas próximas três décadas visando a redução real das emissões de gases do efeito estufa (GEE), com o objetivo de controlar o aquecimento global em 1,5ºC até 2050. Em meio a discursos, promessas e anúncios importantes, o evento deixou um alerta bastante claro: é preciso acelerar a transformação sustentável dos processos produtivos, da matriz energética dos países e do próprio modo de vida da sociedade, para que se viabilize o equilíbrio entre a existência humana e a preservação do planeta. O assunto é a agenda prioritária mundial deste século no pós-pandemia e envolve todos os setores da economia: de fabricantes de carros a produtores agrícolas; da indústria têxtil aos gigantes da internet. Mexe, sobretudo, com o setor energético, cuja reinvenção é crucial para o sucesso de uma missão que coloca todas empresas sob a mesma bandeira: a da longevidade econômica. Leia mais em: A transformação digital da indústria de óleo e gás Em linhas gerais, a combinação de produtividade com baixo impacto ambiental, o controle mais rigoroso sobre o consumo de recursos naturais e a inauguração de um novo jeito de viver das pessoas deve contribuir na diminuição dos efeitos das mudanças climáticas que estão porvir. Trata-se, portanto, de uma corrida contra o relógio ambiental cujos ponteiros não podem ser simplesmente parados. É possível, no entanto, que se desacelere o ritmo e se diminua o impacto dos acontecimentos. Para isso, é fundamental se criar uma consciência situacional antecipada, que permita a tomada de decisão de forma mais assertiva para a implantação de estratégias inteligentes e ágeis de mitigação. Neste contexto, um dos agentes mais habilitados a colaborar com governantes, empresas e sociedade é a tecnologia.
Saiba Mais >

A importância da manutenção pós-garantia do data center - Episódio 16

Fabiano: Olá, seja muito bem-vindo, bem-vinda a mais um episódio do podcast greenTALKS. Este conteúdo está disponível nos nossos canais da green4T no Spotify, no YouTube e também em nosso blog Insights. O tema deste podcast são os serviços de manutenção pós-garantia para equipamentos, componentes e peças de data center. Vamos falar sobre essa solução e sua relevância para as empresas e organizações. Para esta conversa, convidamos Juan Antonio Reybaud, Especialista em Serviços de Tecnologia e Infraestrutura da green4T e que fala conosco direto de Buenos Aires. Juan, muito obrigado pela sua presença e por aceitar o convite. Juan: Olá, obrigado a vocês pelo convite! Fabiano: Só explicando, o Juan é argentino, mas com família brasileira, então, eventualmente vamos ajudá-lo em algumas palavras para que todos nos compreendam da melhor forma. Juan: Eu acho que meu português está bem, visse, Fabiano? Fabiano: Está muito bom mesmo. Mas vamos lá: Juan, para começar, como podemos definir um serviço de manutenção pós-garantia para equipamentos de data center? Quando ele surgiu e como ele é encontrado no mercado hoje? Juan: Então, Fabiano, para começar a falar sobre a pós-garantia, eu acho que primeiro é necessário explicar um pouco do ciclo de vida do hardware. Uma vez comprado, ele vem com garantia de três a cinco anos, dependendo do fabricante. Quando essa garantia expira, o cliente pode renová-la, com preços que a cada ano vão incrementando de maneira exponencial. Uma vez que essa extensão de garantia chega ao fim, o fabricante decreta uma renovação ou uma data de ´end of service life. Quando as renovações finalizam, o equipamento chega nessa data de fim da vida útil. Então, a partir dali, o cliente tem duas opções: ou compra um equipamento novo e faz um refresh do data center, ou continua usando o equipamento sem o suporte da fabricante. E não é novidade que o principal objetivo do fabricante é, uma vez decretado esse fim de vida útil, orientar o cliente a fazer a renovação com a compra de um equipamento novo. O serviço de pós-garantia é basicamente uma garantia estendida sobre storage, servidores ou equipamentos de networking que estão dentro desse ambiente de TI, de data center. É um serviço que pode começar ao final da garantia inicial ou mesmo quando se decreta o fim da vida útil. Com respeito ao surgimento, este é um modelo de serviço que nasce na década de 1990, quando um grupo de ex-funcionários dos principais fabricantes acharam esse nicho de mercado, uma oportunidade nascida da necessidade justamente de muitas empresas de continuarem usando os equipamentos após essa data que determina o fim da vida útil pelo fabricante. Este é um serviço relativamente novo para a nossa região, apesar de ter mais de 30 anos de funcionamento nos Estados Unidos. O verdadeiro boom deste modelo foi após ele ser publicado no Market Guide for Data Centers, em 2016. A partir dali, esse modelo teve um crescimento exponencial. Fabiano: Perfeito, vamos aproveitar que isso é algo relativamente novo aqui na região para explicar como funciona na prática este serviço? Juan: Na “prática” funciona como uma apólice de seguro. É um serviço que inclui todas as peças de reposição, caso exista algum incidente, junto com o serviço técnico especializado para deixar o equipamento em funcionamento caso exista algum tipo de problema com ele. Junto a isso, existe a possibilidade que alguns fornecedores oferecem de associar uma solução ou uma ferramenta de monitoramento automatizado para detectar de forma proativa qualquer falha que possa acontecer, abrindo um chamado automaticamente e informando para o engenheiro e para o cliente qual o tipo de incidente. Uma vez avisado, a ferramenta aciona automaticamente essa visita técnica e um engenheiro é enviado para o cliente para solucionar o incidente em questão. Fabiano: Certo, vamos entender, então, quais as vantagens em se adotar um serviço de manutenção pós-garantia de data center, Juan? Juan: Eu vejo uma vantagem operacional em ter toda a experiência simplificada que esse tipo de modelo oferece aos gestores de TI. É um ponto único de contato para resolver todas as incidências, independentemente da marca ou do equipamento. Aí outra grande vantagem é que o end of service life, ou fim da vida útil, não é mais um limite derradeiro para o uso do equipamento. Mas eu acho que as vantagens mais importantes são a financeira – que é uma redução imediata do output ou custos operacionais – e o alívio no capex, na hora de postergar esse refresh do equipamento. Assim, você otimiza o uso e destina o capex em outros projetos dentro do departamento ou da área de TI. Fabiano: Perfeito, Juan. Bem, acredito que possa haver uma noção equivocada de quem nos ouve de que este é um serviço que só serve para as grandes empresas. Isso é verdade? Juan: Não, toda empresa que tem a infraestrutura on premise, ou seja, servidores, storage ou equipamentos de networking, independente do porte e do tamanho do parque, tem grandes benefícios na hora de contratar esse tipo de serviço. Toda a área de TI que precisa prolongar a vida do data center, é um potencial cliente desta solução. Tanto empresas privadas, como organismos públicos. Só para te dar uma referência, 90% das empresas da lista Fortune 500 e 30 empresas da Forbes 100 incluem esse tipo de serviço na sua estratégia de manutenção de data center. Eu tenho um case para comentar que é bem recente: no Japão, uma importante empresa do setor de serviços financeiros teria de lidar com um iminente refresh ou atualização de compra de equipamentos novos, dos seus equipamentos de rede a um custo de US$ 40 milhões. Os gestores consideraram várias opções e perceberam que precisavam de mais tempo para tomar uma decisão. Foi quando contrataram um serviço de manutenção pós-garantia e, assim, conseguiram adiar os custos de capital e ganhar o tempo necessário para fazer uma avaliação mais correta sobre onde gastar o dinheiro. Muitas organizações públicas usam esse tipo de serviço, desde prefeituras locais até a maior agência aeroespacial do mundo dos Estados Unidos. Vale para todo mundo. Fabiano: É uma solução com um espectro muito amplo, não? De uso e de acesso. Juan, para entender e para finalizar, por que é tão importante empresas, organizações de qualquer, tamanho buscarem esse tipo de serviço? Juan: Então, eu acredito que todo serviço que ajude na otimização do budget é essencial. Ainda mais hoje em dia, na situação e no contexto em que todo mundo está vivendo, ter um parceiro que possa oferecer esse serviço com a qualidade melhor ou igual ao dos fabricantes e, além disso, representar uma economia de 30% a 50%, é um grande diferencial. As maiores consultoras de TI do mundo recomendam considerar a estratégia de manutenção híbrida, com a fusão entre o suporte do fabricante e um parceiro que consiga oferecer esse tipo de serviço de manutenção pós-garantia. E eu acho muito importante, Fabiano, ressaltar que o parceiro não vem para substituir o fabricante, mas para complementar a estratégia de manutenção e atuar onde o fabricante deixa de atuar. Fabiano: Realmente, economia de 30% a 50% não é algo desprezível nem agora e nem em momento nenhum! Muito bem, acho que a gente conseguiu dar em um bom panorama do que é essa solução e eu gostaria, então, de agradecer: conversamos aqui com o Juan Antonio Reybaud, que é Especialista em Serviços de Tecnologia e Infraestrutura aqui da green4T, sobre o serviço de manutenção pós-garantia para equipamentos de data center. Para quem gostou do podcast e também gostou do sotaque pernambucano e argentino, uma mistura muito bacana, esse foi o nosso grande especialista Juan, a quem eu agradeço a presença. Juan: Eu que agradeço a vocês, Fabiano, muito obrigado pela oportunidade. Fabiano: Então é isso, espero que você também tenha gostado deste podcast, curta bastante, compartilhe este e outros conteúdos relevantes sobre tecnologia que postamos no blog INSIGHTS, no site da green4T, e também em nossas mídias sociais. Muito obrigado e até breve!
Saiba Mais >
Política de Privacidade
Termo de utilização
Política de Cookie
Mapa do site
© 2019 Aceco TI. All rights reserved